Educação Parental: o que é e quais os benefícios para a sua família

Entenda o que é educação parental e saiba os reais benefícios para as crianças, pais e responsáveis.


Família reunida brincando em casa.

Os primeiros anos de uma criança representam um dos ciclos de vida mais importantes, e que determina os fundamentos de seu desenvolvimento físico, cognitivo e psicológico. Neste estágio, as relações e o que acontece no seu entorno ajudam a formar a base para o seu desenvolvimento integral. Nesse contexto, a educação parental pode proporcionar uma experiência melhor e mais eficiente para os responsáveis e para a criança.


Afinal, na primeira infância, as crianças começam a compreender mais sobre o funcionamento do mundo e sobre o caráter dos adultos, especialmente de seus pais, e, assim, a criar a sua própria identidade.


Com isso, buscar maneiras de estabelecer relações acolhedoras e saudáveis e um ambiente seguro e confiável para a criança é uma iniciativa importante em prol de seu crescimento, aprendizado e desenvolvimento.


É por isso e para lidar com dúvidas e inseguranças que muitas pessoas têm buscado orientações na educação parental.


Assim, os responsáveis podem estar prontos para apoiar e ajudar a criança de modo mais afetivo.


Material grátis: Como melhorar a relação entre família e escola no ensino híbrido ou remoto!


O que é educação parental?


Se educar está relacionado a prover o necessário para o pleno desenvolvimento da criança e parental é relativo a pais, podemos entender a educação parental como a educação dos pais para apoiarem o desenvolvimento de seus filhos.


Por meio dela, os responsáveis buscam aprender as melhores práticas para a educação dos pequenos, além de adquirir e aprimorar conhecimentos e habilidades para cumprir o seu papel, estabelecer vínculos positivos, uma comunicação aberta e dar suporte e estímulo para a criança desenvolver-se cognitiva, física, social e emocionalmente de modo saudável.


Este apoio aos adultos é crucial para ajudá-los neste mundo com transformações tão constantes e que exercem impactos no comportamento e nas necessidades da criança. Ainda, as competências e a compreensão adquiridas com a educação parental serão importantes para evitar a geração de traumas e relações conflituosas com o filho.


Ademais, ao aprenderem como se dá o desenvolvimento infantil, os responsáveis saberão o que esperar de cada etapa e como podem estimular e dar suporte para a criança em cada momento, sempre priorizando o bem-estar da criança.


Por tudo isso, o ideal seria que os responsáveis buscassem apoio profissional focado na educação parental ainda no período de gestação, para estarem confiantes e preparados para receberem a criança e proverem o melhor ambiente para ela.


Assista ao vídeo sobre as competências socioemocionais:


Material grátis: Competências Socioemocionais: como desenvolvê-las na Educação Infantil!


Existe relação entre educação parental e disciplina positiva?


Sim. Na verdade, a disciplina positiva é uma metodologia muito utilizada na educação parental.


O objetivo é buscar-se uma criação mais consciente, munindo os responsáveis com conhecimentos, técnicas e soluções que ajudem no estabelecimento de laços e relações harmoniosas, comunicação empática e suporte necessário para a criança se desenvolver e sentir-se segura.


Material grátis: Educação 5.0: o que é e como se preparar!


Quais benefícios estão associados à educação parental?


Como vimos, a educação parental está associada à educação dos pais para educarem, acolherem e apoiarem seus filhos.


Isso traz consigo diversos benefícios potenciais para o desenvolvimento integral e o bem-estar da criança. Ainda, para a criação de um ambiente positivo e seguro para os pequenos, de modo que eles possam prosperar em seu crescimento físico, socioemocional e cognitivo.


A seguir, saiba mais sobre esses ganhos possíveis por meio da educação parental.


Assista à live sobre o desenvolvimento de atividades colaborativas no ambiente familiar:


Material grátis: Gamificação no processo pedagógico!


Estabelecimento de ambiente positivo


Com a educação parental, os responsáveis obtêm conhecimento, habilidades e recursos para criar ambientes acolhedores, seguros, positivos e que apoiem as relações e o desenvolvimento da criança.


Isso inclui questões físicas, mas, sobretudo, elementos mais intangíveis, como a criação de boas rotinas, o estabelecimento de limites saudáveis e de uma comunicação eficiente e afetiva.


Tais fatores contribuem para que a criança não sinta medo, receio e insegurança em casa e nas relações familiares.


Facilidade para a resolução de conflitos


A educação parental ajuda os responsáveis a saberem como auxiliar os pequenos no manejo de situações que levem à raiva, frustração, insegurança e que podem ser a semente para problemas de desenvolvimento e para conflitos com a família.


Habilidade da criança para se expressar


Quando os pais agem apenas por feeling e tentativa e erro, o bem-estar mental e emocional das crianças pode ser prejudicado. Isso, entre outras coisas, pode impactar na capacidade ou segurança do pequeno em se comunicar, expressar o que sente e o que precisa.


Diferentemente disso, com a educação parental, os adultos têm subsídios para tomar as melhores decisões a favor da criança, compreendem como fazê-la sentir-se segura e apoiada e, assim, seus filhos poderão ter mais confiança em suas habilidades e facilidade para se comunicar com outras pessoas de modo saudável.


Para saber mais sobre o desenvolvimento das crianças, confira o conteúdo que preparamos sobre neurociência na Educação Infantil.


O Blog da Faz Educação sempre se atualiza com o que há de mais recente na educação. Acompanhe!


Aproveite também o acesso liberado de todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos!

139 visualizações0 comentário