Jogos de linguagem: 7 dicas para desenvolver a fala e o vocabulário

Saiba como incluir jogos de linguagem no dia a dia das crianças para auxiliar no desenvolvimento da fala!


Menina da primeira infância lendo e participando de jogos de linguagem.

O desenvolvimento da fala é diferente para cada criança. Passar dos balbucios para palavras é só uma questão de tempo e de absorver as regras de pronúncia e comunicação pelos pais e outros adultos. Porém, jogos de linguagem também podem ajudar no desenvolvimento.


Estimular a comunicação é algo feito naturalmente, sempre que conversamos, cantamos ou lemos para as crianças. Esses jogos de linguagem, no entanto, incentivam a criança a falar, aumentam o vocabulário e estimulam o interesse no aprendizado.


Jogos são atividades lúdicas importantes para o ensino infantil.


Confira, a seguir, 7 dicas para utilizar jogos de linguagem no dia a dia!


Material grátis: Gamificação no processo pedagógico!


1. Faça jogos de linguagem em diferentes ambientes


Muitos jogos que envolvem palavras são simples e intuitivos. Por exemplo, falar coisas como “estou vendo um cachorro branco” e pedir para a criança encontra-lo é uma forma de ensinar novas palavras.


Uma boa dica, portanto, é fazer esses jogos em ambientes diferentes. Na escola, no parque, em lojas, no supermercado e assim por diante. Deste modo, os vocabulários possíveis são extensos.


Assista ao vídeo sobre Gamificação na Educação:


Material grátis: 20 Jogos e Brincadeiras aliadas à BNCC: Cultura Africana!


2. Conte histórias


Ler para as crianças é uma das melhores maneiras de incentivar o gosto pela leitura e o interesse pela linguagem.


O ato de se sentar com um livro, folhear as páginas e mostrar as ilustrações torna o momento da leitura especial para os pequenos. Além disso, a variedade de histórias traz muitas novas palavras e estimula o aprendizado.


A leitura pode e deve fazer parte da rotina de estudos dos pequenos!


Mas você pode contar histórias de outras maneiras. Narrar coisas que aconteceram com você durante o dia, por exemplo, desperta a curiosidade. Quando eles forem um pouco maiores, peça para que eles contem as próprias histórias.


Saiba mais: Dinâmicas para a volta às aulas presenciais na Educação Infantil!


3. Conte piadas


Ainda que não sejam, exatamente, jogos de linguagem, piadas brincam muito com questões linguísticas. Duplo sentido, ironia, troca de palavras e outras alterações comuns em piadas são ótimas maneiras de estimular a curiosidade das crianças.


Escolha piadas adequadas para a idade e invista em livros de histórias engraçadas. Além de aumentar o vocabulário das crianças, também vai incentivar o bom humor.


Saiba mais: Como ter ideias infinitas para aulas criativas?


4. Inclua músicas no aprendizado


Músicas são muito utilizadas no aprendizado de idiomas. Não é à toa: o ritmo e as rimas tornam as canções fáceis de reproduzir. Assim, é mais fácil aprender novas palavras e estruturas.


Sempre que puder, inclua músicas no aprendizado das crianças. Escolha as letras mais apropriadas para a idade, não apenas pelo conteúdo, mas pela facilidade de reprodução. Peça para os pequenos cantarem junto e, assim, também estimule a expressão criativa.


Você sabe porque músicas, jogos e brincadeiras são importantes no ensino infantil?


Descubra aqui: Ludicidade na Educação Infantil: por que é importante e como utilizar?


5. Faça jogos de rimas


As crianças começam a ter uma percepção maior de ritmo e rima aos quatro anos. Nessa idade, faça muitos jogos de linguagem envolvendo rimas!


Elas são uma ótima maneira de expandir o vocabulário e aumentar o interesse das crianças em novas palavras. Não precisa ser nada complicado. Você pode pedir para a criança falar uma palavra e, então, falar de volta palavras que rimam. Depois, troquem de lugar.


Material grátis: Educação 5.0: o que é e como se preparar!


6. Trava-línguas


Os trava-línguas são uma maneira desafiadora de melhorar a pronúncia. Tão desafiadora que até mesmo os adultos se enrolam na brincadeira.


Comece com trava-línguas mais simples (como o clássico “o rato roeu a roupa do rei de Roma”) e vá passando para os mais difíceis. Vocês podem até fazer uma competição!


Material grátis: Guia do Ensino híbrido: dicas para implementação!


7. Utilize jogos de linguagem digitais


A tecnologia faz parte da vida as crianças. Por isso, não tem nada de errado em utilizá-la para estimular o desenvolvimento da fala. Pelo contrário: é recomendado utilizar jogos educativos digitais para incentivar o uso positivo da tecnologia.


Busque por jogos que estejam de acordo com a fase de desenvolvimento. Por exemplo, o jogo Esteira Maluca é ideal para a fase de alfabetização. Já o jogo Caixa de Brinquedos é indicado para crianças menores, que estão na fase de adquirir vocabulário.


Seja em casa ou na escola, o estímulo é o principal fator para desenvolver a fala. Converse, cante, leia e faça jogos de linguagem com as crianças. Com o tempo, elas vão desenvolver as próprias brincadeiras linguísticas.


Assista também ao vídeo sobre LIBRAS:


Material grátis: As novas tecnologias para o novo normal na Educação Pública!


O Blog da Faz Educação sempre se atualiza com o que há de mais recente na educação. Acompanhe!


Aproveite também o acesso liberado de todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos!

946 visualizações0 comentário