Guia para planejar o currículo escolar perfeito em 2022

Saiba como criar um currículo escolar de sucesso e otimizar o aprendizado na sua escola em 2022!


Menino estudando em sala de aula da educação infantil.

O currículo escolar dita quais caminhos a aprendizagem vai seguir na escola. Ele faz isso distribuindo os conteúdos e atividades a serem realizadas em cada etapa.


Assim, se garante que os alunos tenham as habilidades e competências necessárias para continuar seus estudos. E, no fim das contas, que se desenvolvam para serem cidadãos responsáveis.


Tendo isso em mente, é bom saber que o currículo escolar não é algo imutável. Na verdade, ele está em constante mudança, sendo revisto a cada começo de ano.


Até mesmo durante o ano letivo, o currículo escolar pode mudar de acordo com as necessidades dos alunos.


Todos os currículos escolares, desde 1996, devem seguir os Parâmetros Curriculares Nacionais (PNC). A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) também deve ser observada.


Porém, a criação do currículo escolar deve ser pensada para os alunos da instituição.


Pensando nisso, criamos um guia para que sua escola possa criar um currículo escolar excelente em 2022. Confira nossas dicas abaixo!


Saiba mais: Currículo Paulista: 4 tópicos para compreender a estrutura do documento!


Pense na importância do currículo escolar


O currículo escolar não serve para estabelecer metas impossíveis, nem para tentar criar a escola ideal. Ele precisa ser pensado para suprir as necessidades dos alunos e ajudá-los a se desenvolver da melhor maneira possível.


Ele também deve ser alinhado ao Projeto Político Pedagógico da escola.


Por isso, o currículo carrega tudo o que será ensinado. Isso não inclui apenas disciplinas e matérias teóricas. Habilidades como a liderança, a criatividade, a tomada de decisão, a empatia e a resiliência também precisam ser incluídas.


Competências socioemocionais também devem estar no currículo.


O currículo escolar é importante porque mostra não apenas os conteúdos que os alunos devem aprender, mas também quais competências eles devem desenvolver para se tornarem bons cidadãos.


Material grátis: Competências Socioemocionais: como desenvolvê-las na Educação Infantil!


Envolva o corpo docente


Criar um ótimo currículo escolar é uma tarefa para muitos profissionais. Por isso, não tente fazê-lo sozinho: envolva todo o corpo docente e a equipe escolar. Peça ideias, sugestões, opiniões e críticas durante o desenvolvimento.


Programe, também, reuniões periódicas sobre o currículo. Assim, todos podem acompanhar como ele está sendo utilizado durante o ano letivo, e como ele pode melhorar.


Material grátis: Guia para uma Gestão Escolar eficiente!


Preze pela atualização das práticas


Um erro comum ao criar um novo currículo escolar é deixar as principais práticas como estão, pensando que “não se mexe em time que está ganhando”. É importante sempre buscar práticas e recursos inovadores, que estejam conectados à realidade dos alunos.


Para isso, é fundamental compreender essa realidade. Converse com os alunos e abra espaço para que eles dividam suas opiniões. Não deixe, também, de pesquisar novas metodologias e ferramentas utilizadas no ensino.


As metodologias ativas são práticas atuais que você pode levar para a sala de aula.


Material grátis: Como revolucionar o ensino com as metodologias ativas!


Assista ao vídeo do nosso consultor educacional Ton Ferreira sobre o assunto:


Não deixe a padronização de lado


É importante que o currículo escolar tenha a ver com a realidade e as necessidades dos alunos da sua escola. Porém, ele não pode ser feito sem a padronização exigida. A BNCC, assim como os PNC, precisam ser seguidos.


Essa padronização é essencial para que todos os alunos de uma mesma etapa aprendam as mesmas coisas. Em escolas em que cada etapa contempla mais de uma turma, isso evita confusões e disparidades entre os alunos.


Mas isso também faz diferença quando alunos trocam de escola durante o ano letivo. Sem a padronização, esses alunos podem perder conteúdos importantes.


Material grátis: 5 dicas para implementar a BNCC em sua escola!


Abra espaço para a mudança


Mudar faz parte do processo de aprendizagem. Os alunos mudam enquanto aprende, assim como a escola muda junto com eles. Por isso, é preciso ter espaço para alterações, também, no currículo escolar.


Ao longo do ano, avalie como os alunos receberam o currículo. Então, analise as avaliações feitas em sala de aula. Como eles estão se saindo? Muitos estão atrasados e não conseguem compreender o que é ensinado? O currículo parece insuficiente?


Essas análises devem ser feitas com o corpo docente, levando em conta a sugestão dos alunos. Assim, é possível replanejar o currículo, tornando-o mais relevante para a escola.


Criar um currículo escolar perfeito é um trabalho de colaboração de toda a comunidade escolar. Esteja sempre aberto para ouvir sugestões e planeje o futuro junto com sua equipe!


Assista à live do nosso consultor educacional Ton Ferreira sobre o assunto:


No blog da Faz Educação, você encontra mais dicas de gestão escolar para um 2022 de muito aprendizado. Acompanhe!


Aproveite também o acesso liberado de todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos!

214 visualizações0 comentário