Criatividade na Educação Infantil: boas práticas para sua escola!

Descubra agora como trabalhar a Criatividade na Educação Infantil e incentivá-la nas suas aulas!


Alunos da Educação Infantil na escola estimulando a criatividade.

Você tem dúvidas se estimular a criatividade na Educação Infantil é mesmo importante?


Não importa o momento em que estamos nas nossas vidas: a criatividade sempre será uma das características mais importantes na vida de uma pessoa, sobretudo porque, por meio dela, conseguimos interagir de forma mais positiva e pró-ativa com o meio em que estamos inseridos.


Seja na escola, seja no trabalho, seja em qualquer lugar em que estivermos, a criatividade sempre será marcante e, sobretudo, uma das características que mais são valorizadas em nossa cultura.


Saiba mais: Jogos de linguagem: 7 dicas para desenvolver a fala e o vocabulário!


Na escola, a criatividade nos ensina a buscar por soluções que nem sempre são tão perceptíveis e nos educa a pensar e a refletir por nossos próprios meios e capacidades, permitindo que nós criemos uma forma única de estarmos em contato com o conhecimento.


No trabalho, é ela quem vai fazer com que possamos compreender e perceber que existem diferentes formas e diversas maneiras de lidarmos com os problemas que se colocam em nosso dia a dia.


Dessa forma, a criatividade é uma característica única e das mais importantes em nossa personalidade. Ainda que muitos possam pensar que ela é algo inerente do ser humano e não pode ser ensinada, saiba: é possível aprender a ser criativo e, sobretudo, ensinar a ter mais criatividade!


A seguir, saiba mais sobre a criatividade na Educação Infantil!


Saiba mais: 4 atividades lúdicas na Educação Infantil para praticar com seus alunos!


Por que é importante incentivar a Criatividade na Educação Infantil?


O desenvolvimento da criatividade na infância aumenta consideravelmente as chances de uma criança ingressar, em seu próprio tempo, em uma boa universidade, bem como que ela possa alcançar um bom emprego e, ainda, reduzir as chances de ela ficar desempregada.


Saiba mais: Os 12 melhores aplicativos para educação em 2022!


Isso tudo, quem nos diz é um estudo conduzido pela Fundación Botín, sediada na Espanha.


Essa é uma das maiores razões, portanto, para que nós assumamos, enquanto educadores e responsáveis pela educação e formação de uma criança, a responsabilidade de expô-la à criatividade. E existem muitas formas de fazermos isso.


Assista ao vídeo sobre cultura maker:


Saiba mais: Educação Parental: o que é e quais os benefícios para a sua família!


Começando pela escola: como tornar a educação mais criativa?


A resposta parece ser bastante óbvia, mas, já adiantamos, está muito longe de ser. Não, não conseguimos tornar as crianças mais criativas apenas por meio da exposição delas à arte ou à produção artística.


Saiba mais: Como ter ideias infinitas para aulas criativas?


Isso porque a criatividade é algo que se ensina e que se estimula de diferentes formas, inclusive propondo às crianças desafios e diferentes formas de solucionar um problema que se apresenta durante as aulas.


Ainda que a arte seja fundamental para a educação criativa, buscar por formas de fazer com que a criança identifique formas diferentes de fazer uma mesma coisa, também é uma maneira de torná-la potencialmente mais criativa e, dessa forma, mais pronta para o mundo.


Material grátis: Gamificação no processo pedagógico!


1 – Leve mais arte para a sala de aula e para o dia a dia da criança


Marcar passeios culturais e artísticos é uma das formas mais ricas de expor as crianças à arte e, dessa forma, à criatividade.


Mais do que ensinar o fazer artístico é importante também que encontremos formas de conduzir as crianças pelo universo das artes, em que elas possam reconhecer e dialogar com diferentes vertentes e expressões artísticas.


Assista ao vídeo sobre arte na escola:

Material grátis: 20 Jogos e Brincadeiras aliadas à BNCC: Cultura Africana!


2 – Torne mais criativo também o espaço da escola como um todo


A escola também deve ser mais criativa e se envolver com os alunos de formas mais criativas. Isso se dá por meio da modernização dos seus processos internos, da forma como as coisas são feitas em seu cotidiano e deve, portanto, romper as barreias da sala de aula e se estender pelo atendimento, pelo administrativo e pelo pedagógico.


Dessa forma, transformamos o ambiente escolar para além da sala de aula e, assim, podemos contemplar novos sistemas e novas maneiras de conseguirmos alcançar a criatividade plena, por assim dizer.


Descubra aqui: Ludicidade na Educação Infantil: por que é importante e como utilizar?


3 – Estimule e ouça as ideias dos seus alunos para a modificação do espaço escolar


Mais do que estimular as ideias e a criatividade dos seus alunos, é igualmente fundamental ouvi-los e recebê-los em suas sugestões para a transformação do espaço escolar.


Saiba mais: Jogos lúdicos ou pedagógicos: tem diferença?


Portanto, que tal criar uma grande assembleia periódica, em que os alunos também podem falar um pouco mais a respeito das suas ideias para a escola?


Você já faz um trabalho que envolve a criatividade na Educação Infantil? Deixe suas dicas nos comentários!


Material grátis: Educação 5.0: o que é e como se preparar!


O Blog da Faz Educação sempre se atualiza com o que há de mais recente na educação. Acompanhe!


Aproveite também o acesso liberado de todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos!

152 visualizações0 comentário