Saiba como superar os desafios do ano letivo de 2022

O novo ano letivo chega cheio de novos desafios. Confira o que sua escola precisa fazer para superá-los!

Estamos chegando ao fim do ano, e isso significa se preparar para um novo ano letivo. Em 2021, a educação passou por desafios intensos. Já em 2022, podemos esperar melhorias e o retorno de algo mais parecido com nossa rotina antiga.


Isso não quer dizer, é claro, que o ano não trará seus próprios desafios. Confira abaixo o que se deve fazer para superar os desafios do novo ano letivo.


Siba mais: Os 12 melhores aplicativos para educação em 2022!


Avaliar o que foi feito nos últimos anos


Tanto 2020 quanto 2021 foram anos incomuns para a educação. Muitos alunos tiveram dificuldades para acompanhar as aulas on-line, seja por falta de infraestrutura ou por não se acostumarem ao modelo. Por isso, na volta às aulas em 2022, é esperado que existam algumas lacunas no aprendizado.


Já no início desse ano letivo, procure compreender que lacunas são essas. Como elas se constituíram, o que elas significam para o aprendizado do aluno e como supri-las. Não pense nisso como “recuperar o tempo perdido”, mas sim como aprender a trabalhar com o que está disponível.


Saiba mais: Defasagem em 2022: cinco passos para evitá-la!


Alinhar-se à BNCC e ao novo Ensino Médio


A Base Nacional Curricular Comum era um plano a ser implementado em 2020. Mesmo que algumas escolas tenham conseguido se adaptar de algumas formas, outras foram deixando a implantação da BNCC para trás. O mesmo aconteceu com o novo Ensino Médio.


Em 2021, houve mais uma tentativa de se adaptar e implantar os dois novos modelos de funcionamento nas escolas. Porém, a pandemia continuou adiando os planos. Em 2022, no entanto, já não é possível deixar para depois.


É preciso avaliar de perto quais adaptações sua escola pode fazer. Então, compreender quais delas são prioridades, para decidir o que será feito primeiro. Dê pequenos passos até que ambas as mudanças estejam implementadas.


Saiba mais: Cultura digital e BNCC: você já adequou as suas aulas?


Manter a comunidade unida durante o ano letivo


Nos últimos anos, percebemos o quanto a escola se torna um lugar melhor quando toda a comunidade escolar atua unida. Pais, professores e funcionários devem, juntos, buscar por melhores soluções para os alunos. Do mesmo modo, estes devem ser ouvidos e considerados em cada nova decisão.


Para superar os desafios do novo ano letivo, é preciso manter esse senso de comunidade. Trazer alunos e famílias para a escola, mesmo que não seja possível criar grandes eventos. A equipe escolar deve criar oportunidades e canais para promover uma boa comunicação, além de uma conexão entre a família e a escola.


Saiba mais: A relação entre Família e Escola no retorno às aulas em 2022!


Promover a equidade


Os anos de 2020 e de 2021 provaram o que todo funcionário de escola já poderia prever sobre seus alunos: alguns têm mais oportunidades do que outros. Quando as aulas passaram a ser on-line, muitos alunos não tinham acesso à internet em casa. Outros, dependiam da internet 3G do celular, que caía o tempo todo.


Por isso, para superar os desafios do ano letivo de 2022, as escolas precisam encontrar maneiras de promover a equidade. Ou seja, de dar as mesmas oportunidades para todos os alunos. Assim, a escola se torna um ambiente acolhedor de fato, e o aprendizado se torna um direito de todos.


Saiba mais: O papel do seu diretor escolar no sucesso da sua instituição!


Não descartar o que passou


Os desafios de um ano letivo não se resolvem quando ignoramos o que se passou com o mundo no último ano. Desde a pandemia até seus problemas adjacentes, como o aumento do desemprego, a fome, as questões raciais e os embates internacionais precisam ser debatidos.


Saiba mais: Registros e documentação pedagógica em tempos de pandemia: como proceder?


Isso é ainda mais importante com os alunos mais velhos, que logo estarão no mercado de trabalho. Eles precisam de uma perspectiva ampla do mundo em que vivem, com a oportunidade de aprender mais a partir das conversas em sala de aula.


Material grátis: BNCC: revisão curricular e replanejamento do ano letivo em tempos de pandemia!


Não voltar ao modelo antigo


Talvez essa seja uma tendência que ninguém esteja esperando, mas seria natural adotar os velhos modelos assim que todas as aulas voltarem a ser presenciais. Afinal, muitas escolas começaram a usar novas metodologias e tecnologias pela necessidade. O que acontece quando não precisamos mais disso?


Saiba mais: 4 erros cometidos no planejamento das aulas de 2021!


É importante que a escola não deixe para trás o uso da tecnologia, as metodologias ativas ou mesmo os protocolos de prevenção vigentes. É preciso avaliar o que funciona com os alunos e continuar aplicando. Essas não são apenas tendências da pandemia. Elas fazem toda a diferença para os alunos e profissionais do futuro.


Para descobrir mais sobre como lidar com as questões de aprendizado em 2022, acesse o blog da Faz Educação!


Aproveite também o acesso liberado a todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos

348 visualizações0 comentário