Como ajudar as famílias de alunos com problemas nas aulas on-line

Saiba como é possível ajudar as famílias de alunos que têm dificuldades nas aulas on-line a melhorarem a rotina de estudos!


A família tem uma grande influência na vida escolar de um aluno. Não é preciso dizer que, quanto mais a família se interessa pelos assuntos escolares, maior é a probabilidade de o aluno se envolver com as aulas e aprender mais.


Mas muitos pais ficaram perdidos no seu envolvimento com as aulas on-line. Afinal, como participar da vida escolar quando existe esse distanciamento?


Pensando nisso, o texto de hoje vai mostrar como a equipe escolar pode envolver os pais nessa tarefa. Continue sua leitura e saiba mais!


Indique as ferramentas da escola para a família


Um dos grandes motivos para a família ter dificuldade em ajudar um aluno é a própria falta de conhecimento sobre os funcionamentos das aulas e tarefas on-line. Por isso, em uma conversa com os pais, é recomendado mostrar as ferramentas que a escola vai utilizar.


Desde o calendário escolar e as datas de provas até as plataformas utilizadas para aulas on-line, todos são ferramentas que a família deve compreender para, de fato, conseguir ajudar alunos que têm dificuldades com as aulas on-line.


Entenda sobre recursos tecnológicos que podem ajudar pais, professores e alunos!


Fale sobre a importância do ambiente de estudo


Nessa quarentena, muitos alunos se viram assistindo as aulas na cama, atirados no sofá ou mesmo na mesa do café da manhã. Mas essas não são, nem de perto, condições ideais para se concentrar, raciocinar e aprender.


Falar com a família sobre o ambiente de estudo pode mudar a disposição e motivação dos estudantes. Espaços bem iluminados e confortáveis, em que eles possam se sentar com uma boa postura e ter os suprimentos necessários à mão, fazem muita diferença.


Ensine habilidades organizacionais


Muitos pais e alunos se sentiram perdidos com as aulas a distância porque habilidades organizacionais não costumam ser ensinadas nas escolas – e são essenciais para quem estuda ou trabalha em casa.


Incentivar a família inteira a se organizar melhor é uma boa forma de garantir que crianças e adolescentes comecem a pensar mais sobre a importância da organização. Ter uma pasta para guardar atividades, manter a ordem da mesa de estudos e ter um calendário já faz toda a diferença.


Mas o principal é criar uma rotina. Muitas crianças que costumavam chegar da escola e fazer o dever de casa, agora, o postergam o dia inteiro e só o fazem em cima da hora. Muitas outras deixaram de fazê-lo como um todo.


Criar uma rotina de estudo consistente, que dê tempo para descanso e lazer, mas estimule o aprendizado, é a peça-chave para manter os alunos motivados para as aulas on-line.


Converse sobre as habilidades de estudo


Aprender a aprender não é uma tarefa fácil. Algumas pessoas passam por todos os anos escolares sem saber bem como fazer isso. Pensando nisso, é preciso mostrar à família algumas práticas de estudo que podem ser feitas de qualquer lugar e levam o aluno a melhores resultados.


Por exemplo:

  • Estudar em períodos de tempo definidos com pausas, por exemplo, uma hora de estudos com dez minutos de pausa a cada meia hora;

  • Utilizar mapas mentais e resumos;

  • Fazer exercícios e praticar constantemente;

  • Procurar notícias, vídeos e gráficos para entender melhor a matéria;

  • Crianças também aprender brincando. Conheça algumas brincadeiras que podem ajudar!

A verdade é que não existe uma forma de estudar que sirva para todos. Por isso, é preciso incentivar que os alunos busquem seu processo ideal. E a ajuda da família é essencial nesse processo de autoconhecimento.


Estimule a participação de todos


As aulas a distância acabam entediando alguns alunos, e é muito comum que muitos não participem delas, só assistam. Mas só ouvir o professor falar, na maior parte das vezes, não ajuda no processo de aprendizado.


Por isso, é preciso estimular a participação com atividades, exercícios, perguntas e discussões. Isso estimula os alunos a saírem da zona de conforto.


Mas o que isso tem a ver com a família? A família também precisa ser convidada a participar, se não das aulas, da vida escolar. Abra um canal de comunicação com os pais dos alunos para dar ideias, opiniões e mesmo críticas.


Saiba mais sobre a relação entre escola e família!


Assim, a comunidade escolar se torna mais unida e os alunos se sentem mais motivados, mesmo nas aulas on-line.


A Faz Educação traz diversas dicas que vão ajudar pais, alunos, professores e funcionários a criarem uma escola melhor, mesmo em épocas de aula a distância. Acesse nosso blog e confira!


Aproveite e entenda mais sobre as novas tecnologias para o novo normal da Educação Pública!

182 visualizações

© Copyright 2017 - 2020 | Faz Educação & Tecnologia