Descubra os segredos dos melhores professores e avance na carreira

Atualizado: Mar 4

A principal mensagem do dia do professor é: o sucesso na carreira é possível! Descubra os segredos que os melhores professores usaram para chegar lá!

Jornadas duplas ou triplas, carga horária extensa, uma geração de alunos questionadores, estrutura nem sempre adequada — não são poucos os desafios de quem atua na sala de aula. No entanto, mesmo com esses desafios, o empenho dos profissionais da educação deixa uma importante mensagem no dia do professor: a certeza de que é possível ter sucesso nesta profissão, apesar das dificuldades.

Porém, para chegar a esse resultado, é preciso combinar algumas atitudes e domínio de técnicas. Em outras palavras, existe um perfil comportamental e uma série de competências que devem ser desenvolvidas para quem tem um plano de carreira bem definido no setor educacional.

Você sabe quais atitudes e técnicas são essas? É sobre isso que falaremos neste post. Desvendamos os principais segredos dos melhores professores e vamos contar a você agora. Prepare-se!

1. Eles desenvolvem a empatia

O professor não é um pesquisador, que tem como material de trabalho apenas o conhecimento. Em seu dia a dia, ele informa, interage e inspira pessoas — seus alunos.

Por isso, mais do que saber História, Matemática, Geografia, Ciências ou Literatura, faz parte do "como ser professor" a habilidade para lidar com gente. Isso potencializa as chances de sucesso do educador e dos estudantes sob sua responsabilidade.


Os estudantes trazem para a sala de aula uma série de dúvidas, dilemas e paradigmas de sua geração. Mesmo que sejam ignorados pelo educador, eles trarão sua influência para o relacionamento entre professor e aluno, bem como para o processo de aprendizagem.


Entender essas dificuldades do aluno e mesmo as características geracionais é o primeiro passo para obter sucesso. É importante que o professor se coloque no lugar dos estudantes e elabore as melhores estratégias para ajudá-los a alcançar os objetivos propostos.

2. Eles dividem o protagonismo

Em pleno século XXI, o que não falta são canais onde os alunos podem obter informações. Por isso, a aula já não pode se resumir à exposição da matéria. É preciso dividir o protagonismo com os estudantes por meio de uma metodologia ativa.


Há diversas maneiras de dividir esse protagonismo. É possível recorrer a técnicas mais antigas, como debates e painéis de discussão. Outra alternativa é promover projetos em que eles consigam aplicar o conhecimento de determinadas disciplinas em favor da comunidade.


Todas essas iniciativas permitem que o aluno deixe a posição passiva de receptor de informação e se torne um agente da transformação. Além do envolvimento do grupo, com esse tipo de trabalho o professor consegue ajudá-los a desenvolver competências fundamentais na sociedade atual.

3. Eles se adaptam às novidades

Se hoje existem tantos recursos, por que restringir a criatividade apenas ao quadro e giz? Os melhores professores já entenderam isso e incorporam novas tecnologias às suas aulas, proporcionando uma aprendizagem significativa.


Inserir filmes e séries que se encaixam no contexto, bem como recursos ultramodernos como a realidade virtual e aumentada estão entre as inovações que podem transformar a educação. Adaptar-se a essas novidades coloca o educador na mesma página de seus estudantes.

4. Eles envolvem os alunos

Quando a aula é envolvente, o educador minimiza uma série de problemas enfrentados na escola. Além de melhorar o rendimento dos alunos, ele percebe uma redução nos casos de indisciplina — o que contribui para a aprendizagem e favorece sua própria saúde mental.


5. Eles aperfeiçoam sua prática pedagógica

Os melhores professores usam os feedbacks que recebem diariamente para aperfeiçoarem sua prática pedagógica. Esses retornos podem ser formais ou informais, como o interesse da turma em um modelo de aula, um erro recorrente dos alunos na prova, ou a avaliação do coordenador.


O fato é que sempre temos algo a aprender e melhorar. Todo profissional de sucesso — incluindo o professor — sabe disso. Cursos, workshops, treinamentos oferecidos por editoras e desenvolvedores de recursos para a educação são bem-vindos nesse processo de aperfeiçoamento.


Além da vocação, a construção de um plano de carreira de sucesso no setor educacional exige dedicação e aperfeiçoamento contínuo. Esperamos que esses segredos tenham ajudado você a identificar as habilidades que pode desenvolver para tornar-se um profissional cada vez mais realizado nesta função.


Gostou do post? Quer conferir outros artigos que falam sobre as tendências da educação? Siga nossa página no Facebook para acompanhar nossas publicações em primeira mão!


Aproveite e veja também o Faz Responde sobre o assunto:


175 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia