Professor e aluno: a importância deste relacionamento

Atualizado: Mar 4

Os efeitos de um bom relacionamento entre professor e aluno excedem o limite da sala de aula. Quer descobrir como? Continue a leitura e veja nossas dicas!


A escola é o espaço de encontro entre alunos, professores e conhecimento. No entanto, para esse encontro apresentar um match perfeito, é preciso criar e nutrir uma boa relação professor e aluno em sala de aula.


Você já parou para pensar sobre como essa relação pode impactar na vida do aluno? Que tal descobrir mais sobre o assunto e conhecer dicas para melhorar essa relação e a efetividade do processo de ensino-aprendizagem em uma esfera mais abrangente? Para isso, acompanhe o conteúdo a seguir!


Como a relação professor e aluno em sala de aula pode impactar na vida do estudante?


Falar sobre a importância da relação professor e aluno é falar da essência da razão de ser e do trabalho das ações pedagógicas nas escolas.


Você já assistiu ao filme Sociedade dos Poetas Mortos? Ele ilustra bem a importante dimensão existente na relação professor e aluno no processo ensino-aprendizagem.


Nessa obra, temos como foco a atuação de um professor dedicado e comprometido em, de fato, fazer a diferença na vida de seus alunos. E ele faz isso não apenas cumprindo cronograma e transmitindo conhecimentos em via única - ele ajuda a inspirar os estudantes a se desenvolverem integralmente e a aplicarem, de modo contextualizado, o que é discutindo em sala de aula para construírem seu futuro. E isso, tanto no filme quanto em nossa realidade, tem um alto poder transformador.


Como já afirmava Paulo Freire:

"Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas mudam o mundo".


Esses dois exemplos demonstram a importância do papel inspiracional e de mediação que o professor exerce e que excede as paredes de uma sala de aula.


Como promover uma relação melhor e mais produtiva com os alunos?


Para isso, é preciso compreender o aluno não como sujeito passivo, mas como protagonista da construção de seu saber, estimulando uma formação sólida, humana, ética e consciente que não apenas forme alunos, mas cidadãos pensantes, que também sejam produtores de novas ideias e conhecimentos, atuantes não apenas na escola, mas também em sua comunidade.


A relação e a construção do conhecimento são favorecidas a partir do reconhecimento de que o processo educativo acontece em um contexto cultural e é preciso encontrar soluções para articular os conceitos trabalhados com esses contextos de vivência a fim de torná-los mais interessantes e significativos.


Aqui também podemos lembrar de uma afirmação de Paulo Freire, em Pedagogia da autonomia: saberes necessários à pratica educativa, sobre o bom professor ser aquele que:


"Consegue, enquanto fala, trazer o aluno até a intimidade do movimento do seu pensamento. Sua aula é assim um desafio e não uma cantiga de ninar. Seus alunos cansam, não dormem. Cansam porque acompanham as idas e vindas de seu pensamento, surpreendem suas pausas, suas dúvidas, suas incertezas".


Para complementar, podemos pensar em algumas palavras-chave importantes para uma boa relação entre professor e aluno:


  • Acolhimento

  • Protagonismo

  • Valorização

  • Colaboração

  • Transparência

  • Respeito

  • Alinhamento

  • Reconhecimento

  • Contexto

  • Diálogo

  • Empatia

  • Mediação.


A importância da afetividade para essa relação


Como vimos, o professor deve atuar de modo a criar um ambiente estimulante e afetivo, que possibilite ao aluno enxergar-se como protagonista de sua construção de conhecimento e de sua própria vida.


Na teoria de Henri Wallon (psicólogo, filósofo e pensador da educação), a afetividade e a inteligência são inseparáveis, por uma complementar a outra.


Com isso em mente, o professor pode buscar desenvolver atividades que envolvam os alunos de forma integrada, isso é, deve orientar sua prática para que desenvolva a expressividade, a emoção, a personalidade e o pensamento criativo e crítico do estudante.


Desse modo, a teoria de Wallon caracteriza as questões afetivas como gatilhos que estimulam o avanço e o desenvolvimento das pessoas. Assim, conforme essa visão, é preciso compreender a sala de aula como um rico ambiente de relações prolíferas entre alunos e professores na troca e na construção de conhecimento.


Assista também o Faz Responde sobre o assunto:



Mensagem do Dia do Professor: que tal uma reflexão?


Neste 15 de outubro, Dia do Professor, aproveite também o momento comemorativo para pensar em estratégias para aperfeiçoar a relação com seus alunos e a inspirar transformações positivas em suas vidas.


Lembre-se do potencial transformador do professor e inspire-se em um dos trechos mais icônicos do filme Sociedade dos Poetas Mortos para motivar seus alunos a se desenvolverem e a construírem conhecimento que mude o mundo: "Carpe Diem. Aproveitem o dia. Façam de suas vidas algo extraordinário".


E para continuar essa reflexão sobre como melhorar a relação professor e aluno e o processo de ensino-aprendizagem, confira o conteúdo que preparamos falando sobre uma metodologia que ajuda a tornar o aluno protagonista desse processo: o design thinking.

929 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia