Melhores ferramentas digitais para o ensino híbrido em 2021

Conheça ferramentas digitais úteis para utilizar no ensino híbrido em 2021.


O ensino híbrido já era uma grande tendência educacional antes da pandemia. Com ela, essa tendência foi acelerada e muitas escolas e redes agora estão trabalhando com esse modelo que combina o melhor das práticas presenciais na escola com as iniciativas de estudo autodirigido e interativo em casa, mediado pela tecnologia.


Isso permite que se atinja um novo nível de personalização, levando em conta ritmos de aprendizado mais individualizados, se eleve a autonomia dos estudantes e se construa uma dinâmica mais participativa que potencializa o interesse dos estudantes em aprender a aprender e, com isso, o seu próprio desenvolvimento.


De forma geral, nesse modelo, o estudante tem contato prévio com conceitos e conteúdos e conta com mais espaço para tirar dúvidas e participar de projetos e atividades diversificadas nos encontros presenciais.


Com isso, a preparação dos materiais para o ensino híbrido deve ser cuidadosa, utilizando-se diferentes formatos e mídias para manter o engajamento dos alunos, tudo seguindo os objetivos de aprendizagem estipulados.


Nesse contexto, a tecnologia e as ferramentas digitais são grandes aliadas dos professores, alunos e dos processos de ensino-aprendizagem. Continue a leitura e conheça alguns exemplos que professores e gestores podem utilizar no ensino híbrido em 2021.


6 ferramentas digitais úteis para o ensino híbrido


Para dar suporte e agregar mais interatividade às atividades do ensino híbrido, professores e gestores educacionais contam com uma grande diversidade de ferramentas digitais. A seguir, conheça algumas para experimentar e diversificar as práticas de ensino-aprendizagem no ensino híbrido:


Saiba mais: Planejamento do ano letivo: como preparar a sua rede!


1. Padlet


Nessa ferramenta, os professores possuem a alternativa de compartilhamento de tela para trabalhos. A ideia é que os alunos possam fazer a apresentação de seus trabalhos dessa forma, com a possibilidade de fazer alterações em tempo real.


Ele pode ser utilizado, por exemplo, como suporte para os processos avaliativos no ensino híbrido, já que permite que o professor acompanhe em tempo real todo o processo criativo e produtivo do aluno na atividade.


Saiba mais: Competências Socioemocionais: como desenvolvê-las na Educação Infantil!


2. Google Forms


Com essa ferramenta gratuita da Google, é possível mensurar e entender a evolução do processo de aprendizagem dos estudantes. Ela pode ser utilizada para fazer avaliações diagnósticas, para dar feedback após atividades no ensino híbrido, para autoavaliação dos alunos, entre outras coisas.


3. Canvas Free


É uma ferramenta digital gratuita que permite que os professores e alunos trabalhem juntos e explorem sua criatividade. Também é possível editar criações gráficas em tempo real, modificar textos em conjunto com os alunos e deixar comentários.


Em atividades do ensino híbrido, os alunos podem estudar, por exemplo, sobre história e criar no Canvas peças que demonstrem os costumes da época, vestimenta, como eram os eventos sociais, etc. Ainda, ao estudarem sobre regimes políticos, podem criar campanhas fictícias que representem certos personagens históricos - há diversos potenciais que podem ser explorados.


Saiba mais: 20 Jogos e Brincadeiras aliadas à BNCC: Cultura Africana.


4. EdPuzzle


O EdPuzzle é uma ferramenta digital gratuita centrada na avaliação. Ela permite que professores e alunos criem vídeos on-line interativos incorporando questões abertas ou de múltipla escolha, notas de áudio ou comentários em um vídeo. O EdPuzzle possibilita também a edição de vídeos de forma simples e intuitiva para o ensino híbrido.


5. Quizizz


O Quizziz é uma ferramenta digital para o ensino híbrido que permite a elaboração e aplicação de quizz em dinâmicas cronometradas de perguntas e respostas com múltiplas escolhas, tarefas de completar lacunas ou, ainda, de resposta dissertativa. Também pode ser aplicado para a realização de trabalhos em casa com um prazo determinado de entrega.


Os dados resultantes são compilados em uma planilha para dar ao professor uma visão clara do desempenho dos alunos, a fim de analisar as tendências em quais áreas podem precisar de mais foco no futuro.


Saiba mais: Educação 5.0: o que é e como se preparar!