A importância de implementar a educação financeira nas escolas

Atualizado: Mar 4


Atualmente é comum ligar a TV e ouvir a notícia: o governo brasileiro gasta mais do que arrecada.


Como mudar um modelo mental que atinge grande parte das famílias brasileiras, que possui o hábito de gastar mais do que se ganha, se rendendo a hábitos compulsivos de consumo e à falta de planejamento financeiro?


A resposta para isso é: eduque as crianças e jovens de hoje. Nada mais assertivo que iniciar um trabalho de médio prazo que possa sim reescrever o futuro de uma nação e ressignificar velhos conceitos e hábitos como aposentadoria, realização de sonhos, segurança financeira, construção de patrimônio etc.


Nossos avós sempre falaram em poupar e muitas famílias buscavam sua estabilidade em terras e imóveis. Hoje em dia, imersos em uma sociedade cada vez mais consumista, focada em ter, fica muito difícil aplicar no dia a dia conceitos simples de educação financeira, como: eu realmente preciso disso? Se sim, vou juntar o dinheiro para comprar.


Hoje, as facilidades da vida digital contribuem para uma busca incessante de satisfação imediata e isso só piora o cenário de endividamento dos brasileiros e consequentemente cria maus hábitos nas crianças. Quer ver um exemplo: seu filho quer um brinquedo e fica pedindo para você comprar... insiste, insiste e quando ganha o presente, depois de alguns dias já vemos o brinquedo jogado em um canto, já não utilizado. Logo depois, novo pedido de outro brinquedo aparece, e isso não tem fim. O mesmo acontece com adolescentes com o impulso de compra de roupas e tecnologia. Nunca cessam as necessidades, nunca está bom.


Educação financeira não é aprender a fazer cálculo ou saber gastar a mesada no tempo correto. É uma leitura da realidade, uma busca por equilíbrio entre querer e poder, um planejamento de vida que, começando na juventude, guiará as ações do futuro. É uma prevenção e gestão de riscos para a vida que garantem sua estabilidade não só financeira, mas emocional, mediante as adversidades que o cotidiano nos impõe. É ensinar nossos filhos e alunos que imprevistos acontecem e que precisamos estar sempre preparados. É um aprendizado que promove realização, onde conquistar algo, que antes era impossível do ponto de vista financeiro, se torna possível e real e aumenta a estima, potencializando as capacidades de superar adversidades e concretizar um projeto de vida. Quem nunca se sentiu feliz ao conquistar algo que desejava muito ou poder ajudar alguém que ama a realizar um sonho ou resolver um problema.


Ensinar essas habilidades de planejamento na escola ou em casa contribuirá muito com a sociedade no futuro, garantindo uma nação mais contingente reflexiva em relação a dinheiro e mais investidora e empreendedora do ponto de vista profissional, uma vez que sonhos que se tornam realidade geram uma cadeia de outros eventos econômicos importantes.


Por isso, professores, invistam tempo de estudo e planejamento em projetos de educação financeira em sua escola, ensinem seus alunos o valor do dinheiro, a importância do trabalho, a refletirem sobre querer algo e realizem atividades práticas como, por exemplo, trocas e vendas de produtos usados que os estudantes não utilizam mais ou venda de produtos com valores simbólicos produzidos pelos próprios alunos.


Pais, ensinem seus filhos a se engajarem em benefícios dos outros, apoiando por exemplo causas de animais e meio ambiente. Quando nos engajamos por algo, entendemos o valor do comprometimento. Estimule as crianças a doarem seu tempo em ajudar colegas da escola com dificuldades, a organizarem atividades para melhorar a escola, e reconheçam as boas ações feitas por eles. Ensinem que um muito obrigado tem sim muito valor. Isso é educação para a vida e educar para a vida é educar socialmente e financeiramente.


O Brasil que queremos amanhã requer esforços hoje para orientar e ensinar a sociedade que sonhos são possíveis de serem realizados e podem e devem ser pagos à vista. :)

* Jessyca Nascimento é professora graduada em Matemática, Pós-Graduada em Administração de Empresas, Gerenciamento de Projetos e Gestão Financeira. Atua na implantação de projetos de educação e saúde para o setor público e privado. É apaixonada por educação e livros e atuante em causas de defesa aos animais.



351 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia