6 dicas para implementar a aprendizagem baseada em projetos

Atualizado: Mar 4



Você conhece a metodologia ativa chamada Aprendizagem baseada em projetos?


A Aprendizagem baseada em projetos, também chamada de PjBL (Project Based Learning) conecta a construção do conhecimento à curiosidade e a debates para a resolução de situações-problema, nas quais os alunos aprendem fazendo.


O foco da PjBL é ter o aluno como protagonista do ensino-aprendizagem, com foco no desenvolvimento de competências e habilidades importantes para o seu crescimento no ambiente escolar e pessoal, além de uma aprendizagem colaborativa e com reflexão sobre o resultado obtido.


O professor tem o papel de orientador, observando e auxiliando os alunos no escopo do projeto, dando sugestões quando necessário ou fazendo-os refletir sobre seu progresso.


A imagem abaixo ilustra alguns motivos para a utilização do PjBL em sua sala de aula. Observe:


Reflexão


O mais interessante nessa metodologia é a motivação dos alunos em discutir hipóteses, planejar o passo a passo para a resolução e finalizar o projeto.


Isso enriquece o conteúdo estudado, pois teremos várias resoluções diferentes e cabe ao professor discutir esses resultados e gerar a reflexão entre os alunos.


Agora veja o passo a passo para a utilização da metodologia PjBL:


  1. Introduza o assunto que será estudado e formule uma pergunta desafiadora, criando assim um tema para o projeto.

  2. Desenvolva, com a ajuda dos alunos, o objetivo do projeto, as competências e habilidades trabalhadas em todo o processo de desenvolvimento.

  3. Em grupos, oriente-os na criação de um escopo de trabalho, montando um cronograma de atividades e definindo as datas de finalização de cada passo.

  4. Oriente-os nas atividades e as dúvidas que surgirão.

  5. Ao finalizarem, faça uma roda de conversa para a apresentação, com o objetivo de refletir sobre todo o processo do projeto e fornecer feedback.

  6. A avaliação deve ser formativa, ou seja, deve-se avaliar todo o processo de desenvolvimento do projeto e não somente o resultado final.


É importante que o professor instigue os alunos a utilizarem a tecnologia para a resolução do projeto. Isso mostrará na prática o que os alunos planejaram.

* Regiane Castro é formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com pós-graduação em Ensino de Matemática. Atua na área de educação há 10 anos e atualmente faz MBA em Gestão de Tecnologia da Informação e Pedagogia.


448 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia