Sintonia entre coordenador e diretor no planejamento escolar

Atualizado: Abr 8

Saiba como o planejamento escolar se beneficia quando esses profissionais trabalham juntos.

O planejamento escolar não é algo feito do dia para a noite. Ele depende de muitos fatores e pode ser alterado a qualquer momento. Mas existe um fator que pode ajudar a deixá-lo mais fácil, prático e eficiente: uma boa sintonia entre o diretor e o coordenador pedagógico.


Continue sua leitura e saiba mais!


Diretor e coordenador: entendendo os papéis no planejamento escolar


O diretor escolar e o coordenador pedagógico não apenas podem, como devem, ter papéis muito distintos no planejamento escolar. Mesmo que trabalhem em sintonia e busquem os mesmos objetivos, eles cumprem tarefas diferentes no dia a dia e devem entender suas responsabilidades para que um não acabe assumindo o papel do outro.

Mas quais são essas tarefas e responsabilidades? Vamos explicar abaixo:


Qual é o papel do diretor?


No geral, o diretor escolar deve liderar a organização de toda a escola, auxiliando todos os colaboradores em suas funções. Como um especialista em administração, ele também deve traçar metas para a escola e decidir o método de ensino utilizado.

Ele também é o representante da escola em situações legais e sociais. Desde defender os direitos da escola até representá-la em eventos, o diretor se torna o rosto da instituição. Algumas de suas tarefas diárias são:


  • Realizar reuniões com a equipe escolar e com os pais;

  • Monitorar o funcionamento do projeto político pedagógico;

  • Planejar e organizar eventos;

  • Incentivar e organizar o envolvimento da comunidade nas atividades da escola; Acompanhar a gestão financeira;

  • Implementar políticas públicas e outras questões que envolvam órgãos governamentais;

  • Participar de eventos públicos sobre a área da educação para proteger os direitos da escola.


Quer saber mais sobre o papel do diretor? Confira nosso e-book Guia do Diretor Escolar!


Qual é o papel do coordenador pedagógico?


O coordenador pedagógico é um especialista na área de ensino e, por isso, seu envolvimento com os assuntos de educação é mais intenso. Ele não apenas é o responsável pelo direcionamento pedagógico da escola, mas também o acompanha, faz mudanças necessárias e o otimiza de acordo com o que funciona melhor para os alunos.


Esse profissional deve ter uma compreensão ampla de métodos, técnicas e teorias pedagógicas, mas também deve ser capaz de focar em questões específicas de cada turma e cada aluno. Assim, ele pode encontrar as melhores soluções para problemas individuais ou que estejam afetando o corpo discente como um todo.


Confira abaixo algumas tarefas que cabem ao coordenador pedagógico:


  • Participar da criação do projeto político pedagógico e acompanhá-lo na rotina escolar, fazendo mudanças quando necessário;

  • Fazer o registro do trabalho pedagógico de acordo com as regras instituídas, tanto a nível governamental quanto dentro da própria escola;

  • Acompanhar e auxiliar no trabalho dos professores;

  • Avaliar os materiais didáticos utilizados em sala de aula, garantindo que eles estejam de acordo com os objetivos educacionais da escola;

  • Avaliar o desempenho dos alunos e o desenvolvimento de cada um ao longo do ano, sugerindo alterações que possam ser benéficas;

  • Instituir e acompanhar o plano pedagógico para alunos com necessidades especiais;

  • Participar das reuniões de pais e professores.


Baixe agora mesmo o e-book Principais Funções do Coordenador Pedagógico para saber mais!


Como essa parceria deve funcionar?


A primeira regra geral para que o coordenador e o diretor da escola trabalhem em sintonia é que ambos entendam e respeitem seus papéis. Isso quer dizer que um não deve pisar no território do outro, ou tentar fazer o trabalho do outro, sem ser convidado. Isso não quer dizer, no entanto, que suas tarefas não se misturem.


Na verdade, um bom planejamento escolar depende dessa parceria. Tanto o coordenador quanto o diretor precisam trocar ideais, discutir soluções e chegar a consensos que levem o melhor para a escola.


Afinal, sendo uma instituição de ensino, a escola precisa do conhecimento pedagógico do coordenador; porém, sendo uma instituição, também precisa do olhar avaliativo de um profissional da administração, como o diretor. O segredo é que esses dois profissionais devem sempre conversar para trabalhar em conjunto, buscando os mesmos objetivos.


Confira abaixo algumas das direções que essa parceria precisa tomar para que o planejamento escolar esteja sempre em ordem:


Metas e objetivos em dia


O planejamento escolar depende de metas e objetivos. Por isso, a primeira tarefa da parceria entre coordenador e diretor é decidir quais são essas metas e objetivos – e como a escola pode alcançá-los.Tendo isso decidido, todas as outras tarefas se tornam mais fáceis, porque ambos os profissionais entendem qual é o caminho que estão trilhando.


Práticas alinhadas


O diretor é o responsável por definir um método de ensino que seja o ponto chave do funcionamento da escola. O coordenador, por outro lado, deve garantir que esse método seja posto em prática. Mas os dois, juntos, devem chegar à conclusão sobre o que é melhor para os alunos, ajustando o método quando for necessário.


Suporte aos professores


Os professores precisam tanto da organização e planejamento do diretor quanto das técnicas e métodos do coordenador pedagógico. Os dois profissionais, juntos, devem garantir que os professores tenham o apoio necessário para exercer a profissão, tanto em sala de aula quanto fora dela.


O planejamento escolar é o resultado de um trabalho em equipe. Quando o diretor e o coordenador estão em sintonia, quem ganha é a escola.


A Faz Educação sempre traz dicas valiosas para o funcionamento da sua escola. Venha conferir nosso blog!


Aproveite e veja também o Faz Responde com técnicas empresariais para gerenciamento escolar:


214 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia