Como ter ideias infinitas para aulas criativas?

Como preparar aulas criativas, que vão prender a atenção e o interesse dos alunos? Nesse post, vamos dar algumas dicas para que você sempre tenha boas ideias!



Cada vez mais, preparar aulas criativas se torna uma tarefa diária para os professores. Os alunos dos dias atuais se entediam e se distraem com facilidade. Por isso, precisam de estímulos criativos para estudar.


Mas oferecer aulas criativas pode ser bastante difícil, especialmente para professores com longas horas de trabalho. Veja abaixo algumas dicas para ter mais ideias e não deixar sua criatividade acabar:


Leia mais sobre o seu ramo


Saber o que está acontecendo na sua área de atuação é essencial para preparar aulas criativas. Procure se atualizar sobre novas tendências, metodologias e tudo o que tem a ver com educação. Mas também busque saber sobre sua área específica, como Matemática, Literatura ou Educação Física.


Quanto mais atualizado você estiver, menos vai se apegar a modelos tradicionais antiquados. Busque se renovar e, assim, suas ideias também serão renovadas.


A capacitação de professores é um assunto cada vez mais importante. Saiba mais!


Sigas as páginas certas em redes sociais


Quase todos nós passamos muito tempo nas redes sociais nos dias de hoje. Isso não precisa significar um tempo perdido: seguindo as páginas certas, você pode utilizar as redes sociais para se inspirar para oferecer aulas criativas.


Muitas páginas de educação postam ideias legais de professores do mundo inteiro. Outras, postam notícias e artigos que podem gerar ideias. Por isso, não deixe de organizar suas redes sociais para que elas o ajudem a ser mais criativo.


Conheça seus alunos para produzir aulas criativas


Uma das maiores fontes de inspiração para aulas mais criativas são seus próprios alunos. Saber do que eles gostam, quais são seus interesses e o que vai chamar a atenção deles é uma dica fundamental para professores que querem inovar em sala de aula. Converse com eles sobre todo tipo de assunto para ter novas ideias.


Isso é importante principalmente porque cada turma traz suas particularidades. Um aluno pode gostar de apresentar seminários enquanto outro pode preferir debates. É importante deixar que eles expressem seus gostos e encontrar maneiras de se adaptar.


O papel de professores e alunos em sala de aula está mudando. Leia nosso post sobre o tema!


Esteja sempre bem informado


As notícias são fontes valiosas para ideias criativas em sala de aula. Elas apresentam todos os dias algo novo que pode ser discutido com os alunos. Produções escritas, discussões e debates são apenas alguns exemplos de como as notícias podem ser levadas para a sala de aula. E isso é ainda mais importante em uma época em que expressar sua opinião sobre tópicos variados é tão fundamental para pessoas de todas as idades.


Vale lembrar que as notícias não precisam ter a ver apenas com política ou economia para serem válidas. Turismo, moda, entretenimento e mesmo gastronomia podem se tornar tópicos, dependendo do que você ensina. Que tal pedir para os alunos debaterem a relevância dos filmes indicados ao Oscar? Ou pedir que eles escrevam um relatório nutricional sobre a última dieta da moda?


Filmes e séries são ótimos para se inspirar. Confira algumas recomendações!


Separe um tempo para a criatividade


O maior segredo para sempre ter boas ideias para fazer aulas criativas é trabalhar sua criatividade. A criatividade é como um músculo e, quando não é exercitada, ela vai perdendo o tônus e ficando mal acostumada. Para ser criativo em sala de aula, você tem que ser criativo o tempo todo. Mas o que isso significa, na prática?


Significa abrir um espaço na sua agenda para a criatividade. Podem ser alguns minutos ou uma hora inteira, mas precisa ser frequente. Se você só puder fazer isso algumas vezes por semana, não tem problema. Mas é importante que você não fique semanas a fio sem ser criativo.


Alguns exemplos de atividades para estimular sua criatividade são:

  • Resolver quebra-cabeças;

  • Desenhar ou pintar;

  • Dançar;

  • Fazer artesanato;

  • Tricotar ou bordar;

  • Escrever histórias, poesias ou músicas;

  • Treinar um instrumento musical;

  • Cozinhar;

  • Aprender uma nova habilidade.

Outras atividades mais passivas, como ler, ver filmes ou séries e escutar música também estimulam a criatividade. Porém, é importante separar um tempo para produzir algo criativo e, assim, estimular seu cérebro para preparar aulas criativas.


Ser um professor criativo não é algo que acontece do dia para a noite, especialmente se você está acostumado a trabalhar sempre do mesmo jeito. Procure novas maneiras de ser criativo diariamente e sinta a diferença em suas aulas.


A Faz Educação traz sempre dicas e informações que ajudam professores a se desenvolverem como profissionais. Acesse nosso blog e leia outros posts sobre o assunto!