5 motivos para utilizar a metodologia ativa em sala de aula

Atualizado: Abr 8

A metodologia ativa pode trazer muitos benefícios para alunos e professores. Confira aqui 5 motivos para utilizá-la!

A metodologia ativa se tornou um tema comum quando se fala de educação nos dias de hoje. Ela envolve, afinal, muitos assuntos que fazem parte da vida dos alunos, como tecnologia e diversidade.


Mas por que utilizá-la em sala de aula? Escolhemos 5 motivos que vão fazer com que você dê uma chance para essa metodologia. Continue sua leitura para saber mais!


1. A metodologia ativa não é estática


O tema do início da aula não precisa ser o mesmo do fim da aula quando se utiliza a metodologia ativa. A ideia é explorar novos caminhos junto aos alunos, fazendo perguntas e solicitando ideias que direcionem as discussões. E isso pode ser feito a todo o momento: se surgir uma nova dúvida ou pensamento durante a aula e ele mudar o tópico, todos podem mudar junto.


A ideia é não dar respostas fechadas e conclusivas, mas sim deixar que o aluno construa os próprios mecanismos. Por exemplo, quando se usa essa metodologia, é comum responder perguntas com outras perguntas. Isso incentiva a reflexão, o raciocínio e a construção de conhecimento.


2. A metodologia ativa estimula o pensamento crítico


No modelo tradicional de sala de aula, quando um aluno faz uma afirmação que pode ser considerada errada, o professor apenas diz que está errado ou explica o motivo. Na metodologia ativa, o pensamento geral é diferente: o professor estimula o aluno a explicar sua afirmação e, aos poucos, ajuda-o a entender sozinho por que aquilo não está certo.


No geral, essa metodologia não quer meias respostas. O ideal é que toda pergunta e toda resposta seja explicada. Por isso mesmo, os alunos são estimulados a explicar o que aprenderam oralmente, de forma resumida.


O motivo por trás disso é que, dessa maneira, o aluno é incentivado a pensar além da superfície, a encontrar suas respostas de maneira mais profunda e, assim, aprender mais do que aprenderia sabendo uma resposta pronta.


3. A metodologia ativa estimula a criatividade


Quando os exercícios dessa metodologia são focados em fazer com que o aluno construa o próprio conhecimento, e tendo em mente que não se instituem respostas certas absolutas, os alunos são sempre estimulados a criar soluções alternativas, pensar em hipóteses, levantar questões.


Com isso, é muito comum que os alunos cheguem a resultados diversos para um mesmo problema. Essa forma de resolver problemas é completamente baseada na criatividade e é uma habilidade muito bem vista no mercado de trabalho nos dias de hoje.


A ideia, no geral, é que os alunos nunca tenham medo de dar respostas erradas, e sempre se sintam à vontade para explorar suas ideias e explicar seus pontos de vista. Isso incentiva a segurança, a autoconfiança, a capacidade de debater e de ouvir o que o outro tem a dizer.


Quer saber como implantar a metodologia ativa? Confira nossas dicas aqui!


4. A metodologia ativa valoriza as experiências


Ainda sobre ouvir o que o outro tem a dizer, a metodologia ativa não descarta experiências. Enquanto encoraja que todos deem suas opiniões e contribuam com as explicações dos conteúdos, essa metodologia também favorece o respeito ao ponto de vista e às experiências individuais dos alunos.


Inclusive, quando os alunos trazem ideias para a sala de aula, elas devem ser levadas em conta. Especialmente se o aluno em questão costuma apresentar um baixo rendimento – afinal, uma ideia que ele mesmo levou para sala de aula pode ser um estímulo maior para aprender.


Afinal, o ser e o saber estão relacionados. Entenda mais sobre esse tema nesse post!


5. A metodologia ativa transforma a sala de aula em um espaço de todos


A sala de aula não é mais o lugar em que o professor explica a matéria e escreve no quadro enquanto os alunos copiam e ficam quietos. Com a metodologia ativa, ela se torna um espaço de colaboração onde todos devem participar, contribuir, questionar, debater e criar.


A aprendizagem baseada em equipes também faz parte desses métodos. Venha saber mais sobre o assunto!


Os alunos podem usar o quadro – e qualquer outro meio que quiserem – para se expressarem. E os professores são aqueles que proveem esses meios, que alcançam as ferramentas com as quais os alunos vão trabalhar. O professor é um guia, um mediador, um auxiliar na construção do conhecimento, mas o principal agente dessa construção é o aluno.


Quer saber mais sobre metodologia ativa e outras abordagens na área da educação? Venha conferir o blog da Faz Educação!


Aproveite e veja também o Faz Responde sobre o assunto:


218 visualizações

© Copyright 2017 - 2019 | Faz Educação & Tecnologia