Como promover o protagonismo dos alunos na prática?

Descubra porque é importante e como estimular o protagonismo dos alunos de maneira prática.

Muitas pessoas, quando pensam em protagonista lembram do personagem principal de uma obra - como série, filme ou livro. Quando aplicamos esse conceito ao processo de aprendizagem, temos o protagonismo educacional.


Essa é uma tendência na qual o aluno torna-se o personagem principal do seu processo de desenvolvimento e aprendizagem - ou seja, ele participa mais ativamente das aulas, das atividades, faz autoavaliações e se responsabiliza mais pelo seu aprendizado.


Saiba mais: Acerte na avaliação remota da Educação Infantil com esse passo a passo!


Com isso, o professor também assume um papel que vai além do tradicional, de transmitir informações e conduzir todos os momentos educacionais. Dessa forma, ele passa a atuar como um guia e um mediador entre o aluno e o conhecimento.


Mas como promover esse protagonismo dos alunos na prática? Continue a leitura e confira nossas dicas.


Material grátis: Competências Socioemocionais: como desenvolvê-las na Educação Infantil!


Por que é tão importante promover o protagonismo dos alunos?


Albert Einstein já dizia que “educação não é aprendizagem de fatos, mas o treinamento da mente para pensar”. Essa premissa já ajuda a demonstrar como um comportamento mais ativo dos alunos em relação à aprendizagem é crucial.


De acordo com a Pirâmide de Aprendizagem, criada pelo psiquiatra William Glasser, quando a criança tem a oportunidade de desenvolver voz ativa nas atividades - como debater, argumentar, explorar, refletir e elaborar suas ideias -, seu aprendizado deve atingir de 70 a 80% de chance de aproveitamento. No entanto, o estudante que apenas lê, escuta e enxerga as informações deve atingir um aprendizado entre 10 e 50%.


Essa é uma das teorias que ajudam a demonstrar como buscar o protagonismo dos alunos é importante. Outra das teorias relacionadas é a do construtivismo.


Tal teoria destaca o fato de que os estudantes constroem seu próprio conhecimento "dando sentido" às coisas. Mas, para isso, é preciso que eles tenham a oportunidade, o incentivo e suporte necessários para conseguirem avaliar, analisar e sintetizar ideias. E isso torna-se possível promovendo o protagonismo dos alunos.


A BNCC, inclusive, enfatiza bem esse conceito - ao longo de seu texto, o termo "protagonismo" aparece mais de 50 vezes. É outro indicativo de como essa abordagem é importante.


Material grátis: BNCC: revisão curricular e replanejamento do ano letivo em tempos de pandemia!


5 dicas para promover o protagonismo dos alunos na prática


Há diversos caminhos e diferentes maneiras que podem ser combinadas para tornar o estudante mais protagonista de seu processo de aprendizado.


A seguir, inspire-se com algumas ideias.


1. Abra espaço para participação ativa em diferentes processos


Ao terem oportunidade de tomar decisões, dar sugestões e encaminhar projetos, os alunos também deverão desenvolver um senso de pertencimento e mais engajamento - combustíveis que retroalimentam a sua participação ativa e protagonista.


Assim, por exemplo, caso você planeje oferecer uma aula ou atividade diferente, permita que os estudantes participem desse planejamento.


2. Trabalhe com atividades em diferentes formatos


Há alunos que se expressam melhor por meio de fala e não da escrita. Tem aqueles que se sentem mais motivados produzindo um vídeo e não um texto.


Dessa forma, quando possível, deixe que eles definam o formato de entrega de determinados projetos e atividades, tomando essa decisão conforme suas preferências e interesses.


Material grátis: Ensino Remoto: o que é, como fazer e como avaliar a aprendizagem!


3. Demonstre que os erros também fazem parte da aprendizagem


Para que o protagonismo faça parte do processo educacional do aluno, é importante acolher os erros. O erro deve ser recebido como parte do processo, assim como o acerto.


Há certo estigma com os erros, o que pode impedir o aluno de se envolver mais e alcançar maior protagonismo em seu desenvolvimento. Busque, então, desfazer esse mito e demonstrar como ele pode aprender a partir de um erro.


4. Conheça bem seus alunos


O protagonismo está relacionado à flexibilidade, personalização e a novas experiências educacionais baseadas no perfil e interesses dos alunos.


Dessa forma, é fundamental conhecê-los bem, para identificar como envolvê-los, motivá-los, engajá-los e colocá-los à frente de seu processo de desenvolvimento.


Material grátis: Educação 5.0: o que é e como se preparar!


5. Utilize metodologias ativas


As metodologias ativas têm muito a oferecer para que o aluno seja mais protagonista. Afinal, por meio delas, eles saem de uma posição de passividade para irem para uma de envolvimento ativo com seu conhecimento, com as atividades, com os projetos, etc.


Para saber mais sobre como promover o protagonismo dos alunos com essas metodologias, baixe gratuitamente o eBook Como Revolucionar o Ensino com as Metodologias Ativas.


A Faz Educação pode mantê-lo informado sobre as novidades na educação. Acesse nosso blog para saber mais!


Aproveite hoje o acesso liberado de todos os nossos Materiais Educativos Exclusivos!

355 visualizações0 comentário